Bem Vindo!

CAPITALISMO E ESCRAVIDÃO - Eric Williams

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em estoque

De: R$57,00

Por: R$53,90

Descrição Rápida

Num dos trabalhos historiográficos mais importantes do século XX, Eric Williams expõe tese que se tornou clássica para entender a gênese do mundo moderno: o complexo escravista atlântico foi essencial para a capitalização que permitiu o arranque industrial inglês na virada do século XVIII para o XIX. 

CAPITALISMO E ESCRAVIDÃO - Eric Williams

Detalhes

Publicado originalmente em 1944,Capitalismo e escravidão foi trabalho pioneiro em articular a análise sobre a formação do capitalismo industrial na Inglaterra à exploração dos africanos escravizados nas propriedades rurais do Novo Mundo. 
Embalado por uma pesquisa sólida e densa, fruto da tese de doutorado defendida anos antes em Oxford, Williams procurou derrubar os alicerces de uma interpretação canônica da história, produzida nas veneráveis universidades britânicas, que há longo tempo vinha servindo para a legitimação ideológica do império onde o sol nunca se punha. 
Ao adotar uma perspectiva profundamente inovadora, capaz de apontar como os processos históricos desenrolados no espaço atlântico constituíram uma unidade orgânica, Williams inscreveu a escravidão negra no cerne da gênese do mundo moderno. Como o leitor poderá averiguar nesta nova tradução, com prefácio do professor de história na USP Rafael de Bivar Marquese, o livro mantém a capacidade de gerar debate - e de instigar a imaginação histórica.

Ed. Cia. das Letras - 376 pág. - brochura

 

Sobre o autor:

 

Eric Williams nasceu em Trinidad e Tobago e graduou-se em história na Universidade de Oxford, onde defendeu a tese de doutorado que inspirou a redação de Capitalismo e escravidão. Um dos mais importantes e influentes historiadores da escravidão moderna e do tráfico atlântico, passou depois à vida pública e foi primeiro-ministro de seu país natal.

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.